Francisco Rolfsen Belda

Textos, Cursos e Publicações | Prof. Dr. Francisco Rolfsen Belda

Invente seu emprego

leave a comment »

Universidades norte-americanas de prestígio cultivam a máxima de que seus estudantes não procuram empregos e, sim, os inventam. Muitas instituições de ensino superior, no Brasil, gostariam de poder dizer o mesmo. Algumas, mesmo sem programas avançados de pós-graduação, já estão criando suas próprias incubadoras de start-ups, como são chamadas as empresas nascentes que inovam em tecnologia. O objetivo é fazer do projeto de conclusão do curso de seus melhores alunos uma ponta de lança para o mercado (e, desta, um chamariz para os futuros melhores alunos). Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

02/02/2012 at 15:58

Publicado em cultura, educação

O que faz um deputado

leave a comment »

Um ano depois de tomar posse na Câmara dos Deputados, em Brasília, o palhaço Tiririca cumpriu sua célebre promessa. Na campanha de 2010, ele vestira sua personagem e, com a voz entre inocente e irritante, desafiara os telespectadores no horário eleitoral gratuito. “Você sabe o que faz um deputado federal? Eu também não. Mas vote em mim que eu te conto.” Teve recorde nacional de votos. Agora, ele contou: “Deputado trabalha muito e produz pouco.” Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

12/01/2012 at 15:57

Tão longe, tão perto

leave a comment »

Um aluno, certa vez, me perguntou. “Você trabalha ou só dá aulas?” Não havia ironia na questão. Ele queria saber se, além de ter feito mestrado, doutorado, publicações, conferências, disciplinas, eventos e projetos de pesquisa, eu também tinha experiência prática da profissão. Mas estava explícita na pergunta a desvalorização do “dar aulas” sobre o “trabalhar”. Afinal, como se diz, quem sabe, faz (mesmo sem saber fazer) e quem não sabe, ensina (ainda que não saiba ensinar). Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

29/12/2011 at 15:48

Escola para quê?

leave a comment »

Em breve futuro, não será mais tão simples responder a uma criança por que ela tem, necessariamente, de ir à escola todos os dias. Dizer que lá ela irá estudar, aprender, descobrir, conhecer amigos, expressar ideias, fazer prova, passar de ano e, por fim, receber um diploma parecerá cada vez menos convincente para as próximas gerações, que terão seu conhecimento e experiência de vida fortemente influenciados por outras redes e ferramentas de comunicação e relacionamento, como, aliás, já começa a ocorrer. Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

22/12/2011 at 15:47

Publicado em cultura, educação

Natal.com

leave a comment »

Comerciantes de Araraquara têm razão ao se preocupar com a timidez das luzes e enfeites de Natal nas ruas do Centro da cidade. Ainda que não sejam fator decisivo na opção do consumidor, cenários bem decorados com sinos, guirlandas, presépios, lâmpadas pisca-pisca e outros símbolos típicos criam um clima convidativo para as compras de fim de ano e podem servir, inclusive, como diferencial em relação ao comércio eletrônico, que cresce em ritmo galopante em todo o País. Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

15/12/2011 at 15:46

Publicado em araraquara

Tráfico e tabu

leave a comment »

O Brasil entrou, nas últimas décadas, em um círculo vicioso com sua política de repressão ao tráfico, reflexo direto da “guerra contra as drogas” lançada por Richard Nixon, nos Estados Unidos, e que, agora, começa a ser revista por dezenas de países em todo o mundo, como mostra o documentário “Quebrando o tabu”, estrelado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e já disponível em algumas videolocadoras da cidade. Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

08/12/2011 at 15:44

Publicado em araraquara, cultura, educação

Elefante branco

leave a comment »

A proposta de concessão da Arena da Fonte à iniciativa privada confirmou, agora, o que muita gente já comentava antes mesmo de sua reinauguração: o estádio que viu a Ferroviária ser tricampeã do Interior (e depois cair para a série B-1), que consagrou jogadores como Pio e Bazani (e também vencedores de bingos caça-níqueis) e que recebeu investimentos do Governo Federal para reerguer-se de acordo com os padrões da Fifa (embora equipamentos de tevê mal passem pelos corredores que dão acesso às cabines de imprensa), a Arena da Fonte, enfim, é hoje um elefante branco para a cidade. Leia o resto deste post »

Written by Francisco Rolfsen Belda

01/12/2011 at 15:43

Publicado em araraquara